Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

nao sou nada

"Não sou nada.
Nunca serei nada.

Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo. ...
 

 

Estou hoje vencida, como se soubesse a verdade.
Estou hoje lúcida, como se estivesse para morrer,
E não tivesse mais irmandade com as coisas
Senão uma despedida, tornando-se esta casa e este lado da rua
A fileira de carruagens de um comboio, e uma partida apitada
De dentro da minha cabeça,
E uma sacudidela dos meus nervos e um ranger de ossos na ida. ...
 

Falhei em tudo.
A aprendizagem que me deram,
Desci dela pela janela das traseiras da casa.
Fui até ao campo com grandes propósitos.
Mas lá encontrei só ervas e árvores,
E quando havia gente era igual à outra.
Saio da janela, sento-me numa cadeira. Em que hei de pensar? ...
 

 

Que sei eu do que serei, eu que não sei o que sou?
Ser o que penso? Mas penso tanta coisa!
E há tantos que pensam ser a mesma coisa que não pode haver tantos! ...
 

 

O mundo é para quem nasce para o conquistar
E não para quem sonha que pode conquistá-lo, ainda que tenha razão.
Tenho apertado ao peito hipotético mais humanidades do que Cristo,
Tenho feito filosofias em segredo que nenhum Kant escreveu.
Mas sou, e talvez serei sempre, o da mansarda,
Ainda que não more nela;
Serei sempre o que não nasceu para isso;
Serei sempre só o que tinha qualidades;

Serei sempre o que esperou que lhe abrissem a porta ao pé de uma parede sem porta,

E cantou a cantiga do Infinito numa capoeira

e OUVIU A VOZ DE Deus num poço tapado. ...
 

Quem me dera encontrar-me como coisa que fizesse

calcandoo aos pés a consciência de estar exisistindo

como um tapete em que um bêbado tropeça

ou um capacho que os ciganos roubaram e não valia nada

 

Deito-me para trás na cadeira e continuo fumando
e o universo reconstruiu-se-me sem ideal nem esperança..."

 

ÁLVARO DE CAMPOS - A Tabacaria

 

 

tags: , ,
publicado por Isabel às 22:00
link do post | comentar | favorito
|

.sobre mim

.pesquisar

 

.links

.pensamentos recentes

. Natal - tempo de PAZ

. procure a riqueza em si

. a vida

. amor-cisne

. como distinguir o amor ve...

. meu amor

. dor amor

.tags

. todas as tags

.Dezembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds